Goiás quer projeto Nova Canaã

Representantes do Estado articulam implantação do projeto beneficente e educacional da TV Record em Goiás

No sertão da Bahia, em Irecê, 478 km de Salvador, cerca de 550 crianças experimentam um projeto que precisa ser a regra da vida: brincam, estudam e vivem com os olhos voltados para o futuro.O projeto – que é piloto – deveria ser expandido para todo Brasil. Duas vezes por semana, 40 crianças participam de atividades na horta.

Lá, aprendem a diferença entre os vegetais orgânicos e os tratados com agrotóxicos. Elaboram o preparo de mudas, adubam, plantam e realizam a colheita. Enfim, vivem e se educam com dignidade.

Na mesma fazenda, as crianças frequentam feiras científicas, oficinas de capacitação, lutam capoeira e cursam aulas de artesanato – fora, claro, todo o currículo normal de ensino. Pequenas histórias formam o projeto de Nova Canaã, como as experiências de Thainne de Araújo, Thawan Ravi da Silva, Arthur Silva, Ticiana Leite e tantas outras que não teriam condições de receber uma boa educação por conta das dificuldades econômicas dos familiares.

A família, diga-se de passagem, também participa das atividades e acompanha, na medida do possível, as atividades das crianças.

Ação da Associação Beneficente Projeto Nordeste, que tem a Rede Record como mantenedora, o projeto Nova Canaã serve cerca de três mil refeições todos os dias. Em um país no quadro econômico recessivo, com cortes significativos nos orçamentos destinados à educação, a iniciativa é exemplo de como o terceiro setor, a iniciativa privada e a sociedade civil podem transformar a realidade das pessoas.

Na última quarta-feira, em São Paulo, um jantar beneficente promovido pelo Instituto Ressoar, entidade sem fins lucrativos da Rede Record, mostrou como ações realizadas em Irecê podem transformar a vida de populações carentes.

O projeto Ressoar Solidário é realizado todos os anos e serve para arrecadar fundos para as obras assistenciais do instituto. Um dos participantes do jantar de quarta-feira, o vice-governador José Eliton, afirmou que pretende trazer esta experiência para Goiás. “Visitei o projeto Nova Canaã e achei espetacular. Toda a ação de natureza social que transforma a vida das pessoas, além de dar condição de subsistência, começa a semear o futuro de crianças que começam a ter perspectivas. Fiquei extremamente encantado com aquilo que vi durante a visita que fiz e espero poder levar esse projeto, essa iniciativa para o Estado de Goiás”, diz.

Acompanhado da esposa, Fabrina Muller; pelo diretor executivo da Rede Record em Goiás, Luciano Ribeiro Neto e demais gestores públicos, o vice-governador recordou a visita que realizou no início do ano na fazenda de 450 hectares, onde as crianças e jovens com idade entre 4 e 6 anos participam de ações inclusivas.

Sob o trabalho diário de 150 pessoas, o Projeto Nova Canaã existe desde 1999. A arrecadação on-line auxilia a manter as crianças, que dão emocionados depoimentos sobre a mudança de vida.

Durante o jantar solidário, a Ressoar realizou leilão de objetos doados por artistas e outras personalidades de destaque no meio para angariar os recursos para dar continuidade aos programas. No ano passado, o leilão arrecadou R$ 885 mil com a venda de 22 lotes de produtos. Além do projeto Nova Canãa, existem outros apoiados pelo instituto da TV Record, caso do Ressoar Multimeios, que forma jovens profissionais para atuar em produção audiovisual.

Entorno precisa de alternativa educacional

A cidade de Águas Lindas é uma das mais lembradas para a implantação do projeto Nova Canãa em Goiás. Mas vários outros municípios do Entorno do Distrito Federal são cotados para um estudo que viabilize a chegada do projeto. Gestores públicos de Águas Lindas, Valparaíso de Goiás e Luziânia já visitaram o projeto Nova Canãa e se impressionaram com a capacidade de recuperação da dignidade das crianças.

Conforme dados da pesquisa realizada pela Companhia de Planejamento do Distrito Federal (Codeplan), um dos principais problemas dos municípios que integram o Entorno é exatamente a educação – considerada essencial nas políticas públicas de base e falha na região metropolitana do DF. A partir de uma boa eduçação, espera-se que ocorra uma redução dos índices de violência que estigmatizam os moradores.

Uma das regras da entidade é tratar bem os pais. As famílias das crianças são beneficiadas com cestas básicas, vestuários e outros auxílios. Um dos presentes no jantar, o advogado goiano Djalma Rezende, que também esteve na fazenda, elogiou o projeto e reafirma que o caráter humanitário da causa precisa ser replicada no restante do país.