Túllio indica parente para substituí-lo na disposta à prefeitura

ungido por Túllio foi um “aparentado”. Wilson Carvalho que, nas urnas, será identificado como Wilson Túllio. Uma tentativa de se afastar, mas manter-se no comando, à frente da cidade através do laranja


A sede pelo poder está levando o candidato condenado à prefeitura de Águas Lindas de Goiás, Túllio (DEM), ao suicídio político do grupo no qual está inserido. Movido pela ganância do poder a qualquer custo, o democratas já escolheu o nome que irá substituí-lo na disputa pelo comando do Poder Executivo municipal.

Embora a presença de nomes conhecidos entre os aliados que compõe a aliança DEM/PTB, o ungido por Túllio foi um “aparentado”. Wilson Carvalho que, nas urnas, será identificado como Wilson Túllio. Uma tentativa de se afastar, mas manter-se no comando, à frente da cidade através do laranja. 

O rapaz é familiar de uma certa mulher, com a qual um candidato com registro indeferido pela Justiça de Goiás, teria um caso extraconjugal há anos.

A decisão desagradou não só aos correligionários, mas também ao grupo petebista, responsável pela indicação do vice, Sargento Godoy. Que, conforme a lógica de sucessões, seria o candidato natural com a saída do democratas.

O posicionamento de Túllio não surpreende aos mais próximos. O sonho de ser prefeito sempre foi alardeado pelo candidato como um desejo pessoal. Algo quase doentio e patológico. Em diversas oportunidades, ao ser questionado sobre o que lhe motivaria a candidatar-se, respondeu prontamente que seria para “realizar um sonho”. E sempre complementou dizendo ser a continuidade do trabalho da família, referindo-se ao tio e ao pai.

A manobra demonstra, mais uma vez, a total falta de preparo para um cargo no qual a articulação política faz-se fundamental. Ainda que pudesse concorrer ao cargo, o que esperar de um prefeito que não possui habilidade para negociar, sequer, com a própria base? Um fracasso anunciado que, graças a eficácia da Justiça Eleitoral brasileira, está de fora das urnas até 2026.