Brasil abre mais dois novos mercados na Austrália e Costa Rica


Somente neste ano já são 13 novos mercados abertos no comércio mundial. Até o momento, são 91 mercados desde 2023


Por Ministério da Agricultura e Pecuária (Mapa) 

O governo brasileiro recebeu com satisfação os anúncios de aprovações sanitárias feitos pelo governo da Austrália para a importação de pescados do Brasil e pelo governo da Costa Rica para o ingresso de produtos à base de células-tronco mesenquimais (cães, gatos e equinos) com fins terapêuticos. Esses dois novos mercados se somam aos outros 11 abertos neste ano, totalizando 91 desde o início do ano passado, durante o terceiro mandato do presidente Lula.

Essas aberturas deverão contribuir para aumentar o fluxo comercial com esses dois importantes mercados e reafirmam a confiança internacional no sistema de controle sanitário do Brasil.

A Costa Rica é importante destino para os produtos agrícolas brasileiros, que, em 2023, somaram US$ 272 milhões em exportações para aquele mercado. Os principais itens foram cereais, farinhas e preparações, produtos florestais e produtos do complexo soja. Somente em janeiro deste ano, as exportações agrícolas à Costa Rica alcançaram cerca de US$ 30 milhões.

Para a Austrália, o Brasil exportou produtos do agronegócio no valor de US$ 293 milhões em 2023, com destaque para café, produtos florestais, produtos de origem animal e sucos, que juntos representaram 74% do total das vendas agrícolas brasileiras para aquele país. Em 2024, as exportações de produtos agrícolas ao mercado australiano já somam mais de US$ 24 milhões.

"Continuamos com um trabalho intenso de abertura de mercados, o que demonstra a retomada do Brasil no cenário internacional, evidenciando sua relevância e também a confiança que os países depositam na defesa sanitária brasileira. É um esforço realizado pelo Mapa, por meio da Secretaria de Defesa Agropecuária, amplamente respeitado mundialmente, conferindo-nos a credibilidade para abrir novos mercados e alcançar recordes, como temos conseguido desde o ano passado sob a liderança do Ministro Carlos Fávaro", destacou Roberto Perosa, secretário de Comércio e Relações Internacionais do Mapa.

Tais resultados são fruto do trabalho conjunto do Ministério da Agricultura e Pecuária (Mapa) e do Ministério das Relações Exteriores.

Emerson Tormann

Técnico Industrial em Elétrica e Eletrônica com especialização em Tecnologia da Informação e Comunicação. Editor chefe na Atualidade Política Comunicação e Marketing Digital Ltda. Jornalista e Diagramador - DRT 10580/DF. Sites: https://etormann.tk e https://atualidadepolitica.com.br

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem
Bio Caldo - Quit Alimentos