Obras do Viaduto Portal da Fé avançam, em Trindade

Obras do Viaduto Portal da Fé, em Trindade: cronograma de trabalho segue inalterado mesmo com as chuvas (Fotos: Goinfra)
Obras do Viaduto Portal da Fé, em Trindade: cronograma de trabalho segue inalterado mesmo com as chuvas (Fotos: Goinfra)

Por Hosana Alves - Agência Cora Coralina

As obras do Viaduto Portal da Fé, em Trindade, já alcançaram 15% de execução do projeto. Neste estágio, as equipes técnicas avançam na etapa de fundação e iniciam a fixação dos pilares que suportarão a chamada superestrutura, parte que no futuro comportará laje, longarinas e pista superior.

Com isso, a Agência Goiana de Infraestrutura e Transportes (Goinfra) inicia a fabricação dos pré-moldados de concreto que, juntos, darão forma à estrutura.

O viaduto proporcionará maior fluidez ao trânsito de veículos que circulam pelo entroncamento das GOs 060 e 469, que ligam Goiânia a Trindade, bem como aos municípios da região Oeste, como Iporá e Piranhas.

Obras do Viaduto Portal da Fé avançam, em Trindade

Equipes técnicas avançam na etapa de fundação e iniciam a fixação dos pilares que suportarão a superestrutura (Foto: Goinfra)
A estrutura terá 278 metros de comprimento, incluindo as rampas de acesso e uma rotatória sob a parte elevada. O investimento total previsto é de R$ 14.356.361,72.

De acordo com o engenheiro e fiscal da obra, Isaque Vargas Tinoco, a construção ocorre em várias frentes simultâneas, de modo que o cronograma de trabalho permaneça inalterado mesmo no período de chuvas.

"A meta é içar os pré-moldados da superestrutura e começar as rampas de acesso já no início da estiagem", explica Tinoco.

O presidente da Goinfra, Lucas Vissotto, lembra que a população de Trindade aguarda essa intervenção há mais de 30 anos.

Segundo ele a obra foi uma determinação do governador Ronaldo Caiado para melhorar a trafegabilidade e dar mais segurança a quem circula pela região, uma vez que mais de 47 mil veículos passam por este local diariamente.

"Nosso objetivo é melhorar as condições de trafegabilidade com a substituição dos atuais retornos pela rotatória, o que permitirá conversões mais adequadas entre as vias. Sem dúvida, é um marco no desenvolvimento econômico e turístico da Capital da Fé", afirma.

Emerson Tormann

Técnico Industrial em Elétrica e Eletrônica com especialização em Tecnologia da Informação e Comunicação. Editor chefe na Atualidade Política Comunicação e Marketing Digital Ltda. Jornalista e Diagramador - DRT 10580/DF. Sites: https://etormann.tk e https://atualidadepolitica.com.br

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem
Bio Caldo - Quit Alimentos