Hemolabor alerta para importância da doação de sangue no período de férias

 


Demanda por sangue aumenta neste período enquanto as doações caem devido a viagens e o não comparecimento do doador regular de sangue

O período de férias costuma deixar os estoques dos bancos de sangue de todo o País em estado crítico. Isso porque muitas pessoas viajam e deixam de doar, e consequentemente, com mais pessoas nas estradas, ocorrem mais acidentes e a demanda por sangue aumenta. O Hemolabor também está com seu estoque em baixa e reforça a importância da doação neste período. “Esta é uma das épocas mais críticas vivenciadas nos bancos de sangue porque precisamos atender aos pacientes que necessitam de transfusão de sangue por acidentes ou cirurgias, com anemias profundas ou ainda pacientes hemofílicos, que continuam a necessitar destas doações”, explica o diretor do Banco de Sangue Hemolabor, o hematologista Luis Henrique Roberto Gabriel.

Para isso, o Hemolabor está reforçando nas redes sociais e também entrando em contato com os doadores de repetição, sobre a importância da doação neste período de férias. Importante lembrar que as doações no Banco de Sangue do Hemolabor devem ser agendadas previamente através do telefone (62) 3605-6600 ou Whatsapp (62) 99822-0456.

Entre os critérios para doar sangue estão: estar em boas condições de saúde; ter entre 16 e 69 anos, desde que a primeira doação tenha sido feita até 60 anos (menores de 18 anos, precisam de autorização); pesar no mínimo 50 kg; estar descansado (ter dormido pelo menos 6 horas nas últimas 24 horas); estar alimentado (evitar alimentação gordurosa nas 4 horas que antecedem a doação); apresentar documento com foto emitido por órgão oficial; os homens podem doar com um intervalo de 60 dias, e as mulheres, 90 dias. Eles podem doar quatro vezes ao ano, enquanto elas podem doar três vezes.

Sobre o Banco de sangue Hemolabor

O Banco de Sangue do Hemolabor utiliza um sistema que monitora e rastreia cada processo do chamado “Ciclo do sangue”. A atenção é total, desde o registro do doador e em todas as etapas, como a triagem, coleta, fracionamento e armazenagem individual de cada componente, até a sua liberação para transfusão por meio de leitor de código de barras.

Possui um departamento de Aférese que realiza procedimentos terapêuticos e não terapêuticos. Todos os procedimentos são realizados de forma automatizada, com equipamentos e infraestrutura inovadores e sob a supervisão de profissionais capacitados. O banco de sangue Hemolabor tem 14 hematologistas, sendo dois pediátricos, hemoterapeutas, um diretor técnico e um diretor clínico. Sua estrutura comporta 10 cadeiras de coleta e uma capacidade de receber 120 doadores de sangue por dia e 10 doações de aférese.

Além disso, o Banco de Sangue Hemolabor é certificado pela Associação Brasileira de Banco de Sangue, Associação Brasileira de Hematologia e Hemoterapia, Agência Nacional de Segurança Sanitária e Organização Nacional de Acreditação, nível 3, que atesta Excelência.

 


Postar um comentário

0 Comentários