Homem recebe alta no Hospital Estadual São Luís após 79 dias internado

Com 58 anos, Ozair Lopes obteve alta hospitalar e recebeu homenagem e carinho dos colaboradores

Portador de obesidade mórbida e hipertensão, o paciente Ozair Ferreira Lopes deu entrada no pronto socorro do Hospital Estadual São Luís de Montes Belos - Dr. Geraldo Landó (HESLMB), unidade do governo de Goiás, no dia 10 de janeiro deste ano. Ozair apresentou fortes dores no tórax e foi diagnosticado pela equipe médica com ataque cardíaco. 

Divulgação: HESLMB/IMED

O quadro geral clínico de Ozair se agravou com um episódio de desmaio seguido de parada cardíaca e foi submetido à intubação orotraqueal e manobras de intervenções médicas por cerca de 20 minutos. O paciente retornou em estado de choque e foi encaminhado para Unidade de Terapia Intensiva (UTI), onde ficou internado por 79 dias.

A partir dessa situação, a luta pela sua vida começou. Ozair contou com o suporte e dedicação 24 horas da equipe multidisciplinar do HESLMB diante desse momento de vulnerabilidade.  

De acordo com o coordenador da UTI do HESLMB, Alexandre Machado, o quadro clínico de Ozair Lopes era gravíssimo. Ele relata que ao longo de todo o período de hospitalização o paciente sofreu períodos de instabilidade súbita, necessidade de alta dosagem de medicamentos e, também, foi submetido à ventilação mecânica por 42 dias. A estabilidade parcial veio acontecer ao decorrer dos dias e os resultados positivos começaram a vir após 24 dias de internação.

“Sua recuperação nos trouxe muita emoção. Foi um tratamento com processo lento, mas de suma importância. Quando ele conseguiu falar novamente, a equipe inteira ficou extremamente feliz e emocionada”, comemora o coordenador da UTI, Alexandre Machado.

Alta Hospitalar

Ozair recebeu alta do HESLMB após seu quadro clínico permanecer estável. Ao sair da sala de UTI, vários funcionários do Hospital Estadual São Luís de Montes Belo prestigiaram a saída de Ozair com balões e mensagens de apoio ao som do trompete. 

O paciente também deixou seu nome inserido nos ramos da árvore da vida, um projeto do Instituto de Medicina, Estudos e Desenvolvimento – IMED que visa humanizar, celebrar e dar visibilidade aos que venceram uma longa jornada na unidade. 

A diretora do HESLMB, Minéia Teixeira, também manifestou a sua felicidade e do corpo técnico da unidade em ver a alta do paciente. “O Sr. Ozair é um vencedor e sua vontade de viver nos contagiou. Nosso desejo de ver cada paciente internado saindo recuperado de nosso hospital é o que nos move”, celebra a diretora.

Agora, Ozair Lopes terá que manter os cuidados pós-alta hospitalar. Além de realizar hemodiálise, também irá dar continuidade no atendimento ambulatorial com arquivos multidisciplinar para voltar a sua rotina de vida.

Assessoria de Comunicação do HESLMB/IMED

Postar um comentário

0 Comentários