Em doação à UEL, construtora reforma a Agência de Inovação Tecnológica

 Pela primeira vez em mais de 20 anos, o prédio passará por melhorias em uma iniciativa do Grupo A.Yoshii, que também doou a estrutura física à Universidade no ano 2000

Instrumento essencial no desenvolvimento de todo o Paraná, projetando a cidade de Londrina em âmbito nacional e internacional nas áreas de Ensino, Pesquisa e Extensão, a Universidade Estadual de Londrina (UEL) sempre encontrou junto à comunidade, interna e externa, suporte para se manter íntegra e nos rumos do progresso. 

Com recém-completados 50 anos, a UEL é reconhecida como uma das maiores instituições de ensino superior do país e, nos últimos anos, vem se destacando em política de inovação tecnológica, por meio da Aintec (Agência de Inovação Tecnológica). O setor identifica e faz a gestão da propriedade intelectual e da transferência de tecnologia da universidade para a sociedade e o mercado. 

A estrutura física da Aintec, no campus da universidade, foi uma das contribuições do Grupo A.Yoshii no ano 2000 pelo casal de empresários Kimiko e Atsushi Yoshii. Mais de 20 anos depois, o prédio está sendo totalmente reformado em mais uma iniciativa dos fundadores da construtora, que atua há mais de 55 anos no setor de construção civil. 

Agência de Inovação Tecnológica (Aintec)
Divulgação A.Yoshii

A estrutura física da Aintec, no campus da universidade, foi uma das contribuições do Grupo A.Yoshii no ano 2000 pelo casal de empresários Kimiko e Atsushi Yoshii. Mais de 20 anos depois, o prédio está sendo totalmente reformado em mais uma iniciativa dos fundadores da construtora, que atua há mais de 55 anos no setor de construção civil. 

A reforma foi iniciada neste mês com serviços preliminares, como limpeza das coberturas, desobstrução de calhas, remoção das calçadas externas, limpeza do jardim e corte de grama, mas o projeto é completo, segundo o engenheiro da A.Yoshii e responsável pela obra, Paulo Sousa.

“Iremos construir uma nova área de depósito nos fundos do terreno, ampliando o espaço. Também será feita a revitalização da fachada, do jardim interno e da fonte. Na recepção, faremos uma intervenção maior, substituindo todas as esquadrias e luminárias”, detalha. 

As melhorias incluem ainda pintura geral, manutenção dos forros, revisão de toda a cobertura para eliminar pontos de infiltração, limpeza e tratamento nos pisos internos e externos, além da revisão de todas as instalações elétricas e hidráulicas, e do sistema de proteção contra descargas atmosféricas. 

A previsão é de que os serviços sejam concluídos até junho - todos os recursos são da A.Yoshii -, com exceção da substituição de lâmpadas e dos aparelhos de ar-condicionado, que serão instalados com recursos da Aintec. 

“É uma enorme satisfação contribuir no progresso desta, que é uma das melhores universidades do País. Temos um compromisso com a educação e o respeito às instituições que são essenciais para o desenvolvimento da nossa cidade e da sociedade em geral. A UEL merece todo o reconhecimento e esforço comunitário”, afirma Atsushi Yoshii, membro do Conselho Diretor da Aintec e responsável técnico pelo projeto.

De acordo com a universidade, a reforma estrutural é muito importante para que a agência se firme como referência em tecnologia e inovação. Em 2019, a Aintec figurou entre as 50 instituições brasileiras que mais registraram patentes, e no ano passado, ficou entre as instituições de pesquisa que mais depositaram pedidos de Propriedade Intelectual, de acordo com ranking do Instituto Nacional de Propriedade Industrial (INPI), na lista anual de maiores depositantes. 

Também em contribuição e incentivo à cultura, a família Yoshii possibilitou, em 2017, a compra de um piano de cauda para o Cine Teatro Universitário Ouro Verde, com a doação de R$ 1 milhão para a universidade. O recurso foi de extrema valia e atendeu outras necessidades da instituição na época. 

No ano seguinte, em 2018, dona Kimiko Yoshii foi homenageada pela universidade com o título de benemérita pelos esforços para o aprimoramento da cultura e do ensino superior nos últimos anos. 

 

Grupo A.Yoshii

Fundado em 1965, o Grupo A.Yoshii já construiu mais de 2 milhões de m² do Sul ao Nordeste do Brasil, entre obras industriais, edifícios corporativos e residenciais, escolas, universidades, teatros e centros esportivos. É composto pela A.Yoshii Engenharia, com sólida atuação em construções de edifícios residenciais e comerciais de alto padrão em Londrina, Maringá, Curitiba e Campinas; pela Yticon Construção e Incorporação, que realiza empreendimentos econômicos, localizados em regiões de potencial valorização em municípios do Paraná e interior de São Paulo; pelo Instituto A.Yoshii, voltado para a inserção social e a democratização cultural; e atua em Obras Corporativas, atendendo a grandes corporações em suas plantas industriais, nos mais variados segmentos da economia, como papel e celulose, alimentício, químico, agronegócio, energia, assim como usinas sucroalcooleiras, centros logísticos, plantas automobilísticas, entre outros. Mais informações: www.ayoshii.com.br.


Postar um comentário

0 Comentários