Aluguel Social do Governo de Goiás atenderá mais cinco cidades

Com a inclusão de Rio Verde, Jataí, Itaberaí, Inhumas e Jaraguá, agora são 40 municípios atendidos pelo programa Pra Ter Onde Morar – Aluguel Social. Inscrições estão abertas no site www.agehab.go.gov.br


Famílias de Aparecida de Goiânia recebem cartões do Aluguel social na última edição do Mutirão Governo de Goiás: 40 municípios integram a lista de beneficiários - Fotos: Octacílio Queiroz.

Mais cinco cidades goianas passam, a partir desta semana, a se somar a outras 35 que já estão em atendimento pelo Governo de Goiás no programa estadual Pra Ter Onde Morar – Aluguel Social. Estão abertas agora inscrições no site da Agência Goiana de Habitação (Agehab) para Rio Verde, Jataí, Itaberaí, Inhumas e Jaraguá. Os interessados precisam verificar o edital e avaliar se cumprem os requisitos para receber o benefício. O documento está disponível no endereço www.agehab.go.gov.br.

Com projeção de contemplar 30 mil lares goianos, o Aluguel Social garante segurança habitacional em alcance imediato às famílias em situação de superendividamento e que ainda não têm moradia própria. Os recursos são provenientes do Fundo de Proteção Social do Estado de Goiás (Protege), coordenado pelo Gabinete de Políticas Sociais (GPS), dentro do programa Goiás Social.

O auxílio do Aluguel Social é concedido no valor de R$ 350 pelo prazo de 18 meses, com acompanhamento social, estímulo ao autossustento e à recolocação no mercado de trabalho. A atuação do Governo de Goiás é correlacionada a outras ações de políticas sociais para qualificação profissional, empreendedorismo, geração de renda, planejamento e educação financeira.

O presidente da Agehab, Pedro Sales, ressalta que o programa reflete a sensibilidade do Governo de Goiás em chegar especialmente àqueles mais fragilizados com a crise econômica e sanitária provocada pela pandemia. "Este é um momento em que o Estado precisa olhar para quem mais precisa, estruturar e manter programa de suporte para que a retomada seja mais rápida e da melhor maneira possível. Quanto menos cidadãos em situação de precariedade, melhor", salienta o secretário.

Como funciona

A iniciativa se propõe a resolver uma situação urgente de parte da população que está sem condição imediata de arcar com o aluguel da moradia e vem complementar outras políticas do Governo de Goiás. "É preciso fomentar o desenvolvimento econômico ao mesmo tempo que cuidamos das pessoas que precisam da mão do Estado, é o que o governador Ronaldo Caiado tem dito incansavelmente", ressalta Pedro Sales.

A Agehab já convocou para entrega de cartões do Aluguel Social cerca de 6 mil famílias em cinco municípios: Goiânia, Aparecida de Goiânia, Trindade, Formosa e Águas Lindas. Além dessas cidades, já estão em atendimento também Anápolis, Senador Canedo, Valparaíso, Novo Gama e Luziânia. Em todas elas as inscrições seguem abertas ou em fase de entrega de documentação dos aprovados convocados.

Outras 15 cidades do Norte e Nordeste do Estado, atingidas pelas fortes chuvas do início do ano e incluídas no decreto estadual de emergência, estão entre as cidades atendidas. Nesses municípios, famílias que tiveram moradias com laudo de restrição da Defesa Civil podem se candidatar. Já na Região do Vale do Rio São Patrício, Ceres e Rialma completam o grupo de municípios contemplados até o momento.

Serviço:

Assunto: Inscrições para o Aluguel Social do Governo de Goiás estão abertas em Rio Verde, Jataí, Itaberaí, Inhumas e Jaraguá

Onde: www.agehab.go.gov.br

Mais informações: @agehabgoias (redes sociais) ou (62) 3096-5050

Postar um comentário

0 Comentários