Dia do fonoaudiólogo: a importância do profissional para saúde



Além da fala, os especialista da área também cuidam da audição 


Em 9 de dezembro é comemorado o Dia do Fonoaudiólogo. Muito se engana quem acha que o especialista cuida apenas da fala. O profissional também é especializado nos cuidados com a audição.  “A perda auditiva pode ocorrer em qualquer momento da nossa vida, seja por fatores genéticos ou por problemas de saúde, o ambiente ao qual a pessoa está exposta, traumas e alguns medicamentos. É nesse cenário que o fonoaudiólogo atua também, para prevenir e tratar esses casos”, explica Gilvânia Barbosa, especialista em saúde auditiva da clínica Microsom.

Segundo Gilvânia, os problemas de audição podem surgir conforme a idade for avançando. “À medida que envelhecemos, vamos perdendo a capacidade de ouvir determinados sons suaves, sons mais distantes e até, por exemplo, o canto dos pássaros. Esta perda de capacidade é normal e está relacionada com o processo natural de envelhecimento do organismo”, diz.

Outras causas também impactam o sistema auditivo, sendo fatores que prejudicam e podem até antecipar algum problema na audição. “Um dos muitos fatores responsáveis pela perda de audição é a exposição contínua a sons elevados acima de 85 decibéis (dB). As células auditivas, quando expostas a elevados níveis de ruído, são destruídas e, consequentemente, perdem a capacidade de reagir ao som”, destaca a fonoaudióloga.

Para prevenir, é preciso ter alguns cuidados. Por isso, a especialista alerta e indica consultas médicas periodicamente. “Ainda que, aparentemente, não sofra ou ainda não perceba qualquer tipo de redução quanto a acuidade   auditiva, estar atento e fazer avaliações auditivas anualmente permite avaliar a evolução de eventuais perdas”, conta Gilvânia.

Postar um comentário

0 Comentários