Evento online reúne especialistas para debater ganhos pelo uso de bioinsumos nas lavouras

 


Live no dia 13 de setembro discutirá como estratégias integradas de manejo promovem regeneração do sistema agrícola e a melhoria da produtividade

O mercado de produtos biológicos deve atingir faturamento de R$ 5,0 bilhões no Brasil até 2025. A previsão leva em consideração os dados da indústria de produtos biológicos, a partir das soluções registradas no Brasil e a evolução do mercado nos últimos três anos, resultado do aumento da adesão dos produtores rurais à tecnologia como uma estratégia fundamental no manejo integrado de pragas.

Apesar de ser um tema ainda recente nas lavouras do Brasil, o uso de bioinsumos tem apresentado ganhos consideráveis aos agricultores, pois, quando aplicado em conjunto com as técnicas já presentes nas lavouras, oferece melhor eficiência produtiva e rentabilidade no campo.

“Ao mesmo tempo que é preciso combater pragas e doenças para garantir a produção agrícola em curto prazo, é fundamental o uso de estratégias de manejo regenerativas, que favoreçam o desenvolvimento de organismos benéficos aos cultivos agrícolas”, afirma Gerson Marquesi, gerente de Marketing da Gênica, empresa de biotecnologia sediada em Piracicaba (SP).

O gerente enfatiza que algumas técnicas atuais utilizadas na produção de alimentos, como monocultivo e o uso indiscriminado de defensivos químicos, por exemplo, favorecem o aumento de organismos capazes de causar prejuízos ao cultivo de interesse. “Os bioinsumos são uma alternativa viável e eficiente para reduzir prejuízos como pragas, doenças de solo e nematoides e, além disso, favorecer a regeneração do equilíbrio biológico e biodiversidade do sistema”.

Para debater as oportunidades e melhorias geradas pela adoção de bioinsumos na produção agrícola nacional, a Gênica promove, no dia 13 de setembro, a partir das 19h, uma live técnica que apresentará dados e informações sobre as vantagens de integrar soluções que promovam a regeneração dos sistemas agrícolas, trazendo produtividade e rentabilidade ao produtor.

Para discutir sobre como as práticas de manejo influenciam o microbioma do solo e do sistema, quais as consequências desses distúrbios para a produção agrícola e que estratégias integradas de manejo podem ser utilizadas visando obter alta performance dos cultivos de maneira sustentável, o evento contará com a participação do Prof. Dr. Fernando Andreote, (Microbiologia do Solo – ESALQ/USP) e do Prof. Dr. Antonio Luis Fancelli (Sistemas de Produção – ESALQ/USP).

Lançamento do Sistema REGENERA

Além de debater temas de relevância para o futuro da agricultura no Brasil, a live será palco do lançamento do Sistema REGENERA, da Gênica, que busca oferecer ao agricultor a partir de um diagnóstico completo da sua lavoura, um sistema integrado de soluções que trará grandes resultados.

“Esse sistema inédito busca entregar ao nosso cliente não apenas uma solução, mas um sistema de manejo integrado e consistente em promover a regeneração do ambiente de produção e contribuir com o incremento de produtividade e a rentabilidade no campo”, finaliza Marquesi, que fará a mediação da live.

Os interessados em se inscrever para acompanhar a live devem acessar: https://materiais.genica.com.br/regenera.