Dia do Idoso: o que muda na saúde bucal na terceira idade?

 Dia do Idoso: o que muda na saúde bucal na terceira idade? 

Chegada da terceira idade implica em mudanças no organismo, então o cuidado com higienização e prevenção é fundamental. Especialista comenta que procura por estética tem aumentado e reflete em mais qualidade de vida 

 




Saúde é e deve ser prioridade em todas as faixas etárias. Mas conforme os anos passam, o tópico ganha importância redobrada. O cenário de pandemia piscou alertas de atenção à saúde ainda mais urgente, impactando diretamente no estilo de vida de todos. Para além disso, segundo números do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), divulgados em novembro de 2020, o brasileiro está vivendo mais. Segundo o levantamento, a expectativa de vida dos homens passou de 72,8 anos em 2018 para 73 anos, em 2019, e a das mulheres foi de 79,9 anos para 80 anos.  

No dia 1º de outubro comemora-se o Dia do Idoso e, não somente ele, também o Dia do Sorriso. Como se sabe, a chegada da terceira idade vem acompanhada de diversas mudanças no organismo, então alguns cuidados são fundamentais, incluindo com a saúde bucal. De acordo com o odontólogo Frederico Coelho, implantodontista do Crool Centro Odontológico, mais da metade dos pacientes da empresa pertencem à terceira idade.  

“Os pacientes que não têm uma boa saúde bucal, quando estão com algum comprometimento estético ou alguma dificuldade de mastigação, acabam tendo a qualidade de vida muito prejudicada. Estudos comprovam que saúde bucal é fundamental para que o indivíduo se mantenha saudável e a parte estética também é muito importante para garantir uma terceira idade com mais autoestima”, afirma. Ainda de acordo com o especialista, entre os riscos existentes com a idade está a doença periodontal. “É uma doença que tende a avançar com a idade, o que requer cuidado redobrado com a higienização”, complementa. 

Do mesmo modo, o profissional explica que é comum que pacientes idosos façam uso de próteses dentárias. “É algo que requer cuidados especiais e atenção principalmente com a higienização”, explica o dr. Frederico. Ele ressalta que próteses totais e removíveis parciais podem ser substituídas por próteses fixas sobre implantes. “É um tratamento que melhora muito a capacidade mastigatória, por exemplo, assim como a questão estética, deixando qualidade de vida muito melhor”, enfatiza. 

Ainda nesse aspecto de qualidade de vida, o odontólogo comenta que tem havido um crescimento de pacientes da terceira idade que procuram o Crool para a realização de tratamentos que aprimorem o resultado estético. “É sabido que a estética está diretamente ligada com a autoestima. Então, nós percebemos diariamente o quanto ter uma boa saúde bucal e os dentes com estética favorável resulta em diversos benefícios para os pacientes da terceira idade, tanto no aspecto físico, como emocional e psicológico. 

Postar um comentário

0 Comentários