Goiânia: Renda Família vai injetar mais de 40 milhões de reais no comércio de bairro

O benefício vai assistir famílias com renda mensal de R$ 300, garantindo não só o alimento na mesa das famílias que vão receber o cartão, mas também o fortalecimento da nossa economia com mais renda e empregos

A Prefeitura de Goiânia lançou, na manhã desta segunda-feira (22/2), o Programa Renda Família, benefício oferecido pela Prefeitura de Goiânia a famílias em dificuldades. São R$ 300 por família para compra de alimentos no comércio local. Valor que vai amparar os mais prejudicados pela pandemia do Coronavírus, movimentar o comércio e ajudar a recuperar a economia da capital goiana.

Durante o lançamento, o prefeito Rogério Cruz destacou que o programa é, em sua essência, uma iniciativa de proteção social, que integra as ações que a Prefeitura tem desenvolvido para amparar as famílias mais atingidas pelo reflexos socioeconômicos da pandemia e visa promover dignidade para a nossa gente. Mas, segundo ele, vai muito além disso. "São mais de 40 milhões de reais que a Prefeitura de Goiânia vai injetar diretamente no comércio de bairro, garantindo não só o alimento na mesa das famílias que vão receber o cartão, mas também o fortalecimento da nossa economia com mais renda e empregos", disse.

De acordo com o secretário de Finanças de Goiânia, Alessandro Melo, além do aspecto assistencial, o programa também foi formulado para ter esse impacto econômico a fim de promover a retomada econômica do município de Goiânia. "Na periferia da cidade é onde o impacto da pandemia é maior, então aquele pequeno comércio da periferia vai receber esses recursos e vai ter condições de pagar o seu IPTU, pagar seus imposto e esse dinheiro acaba circulando na cidade, movimentando a economia e até mesmo retornando em forma de imposto para o município de Goiânia", explicou.

Como funciona
Primeiro programa de transferência de renda da história de Goiânia, o Renda Família está com inscrições abertas até o dia 31 de março e deve assistir, por seis meses, cerca de 24 mil famílias sem renda e que residam em imóveis próprios, alugados ou cedidos com valor venal de até R$ 100 mil. O objetivo do programa é amparar famílias que estão em situação de maior vulnerabilidade temporária em decorrência da pandemia do Coronavírus (Covid-19).

O benefício de R$ 300 será concedido por meio de um cartão alimentação que só poderá ser utilizado em estabelecimentos comerciais de Goiânia. Não haverá possibilidade de saque do valor e a utilização do cartão será restrita a estabelecimentos comerciais de Goiânia para aquisição de produtos alimentícios, como arroz, feijão, macarrão, entre outros. O valor será creditado mensalmente, a cada 30 dias, tendo como referência a data do primeiro

As inscrições para o Renda Família podem ser feitas por meio do site da Prefeitura de Goiânia, o www.goiania.go.gov.br. Basta preencher o formulário, apresentar a documentação requerida, concordar com o Termo de Aceite e aguardar análise da Secretaria Municipal de Finanças (Sefin). A tramitação do processo pode ser acompanhada também pela internet, por meio do login e senha criados no ato da solicitação.