Eleição 2016: Formosa


Habitantes: 110.388 (IBGE 2014)

Eleitores: 71.871 (TSE junho 2016)
(Formosa ultrapassa Valparaíso em número de eleitores e se torna o terceiro maior colégio eleitoral da RIDE)

Resultado 2012:

Prefeito: Itamar Barreto (PSD) > 26.725 votos (53,32 %); Ernesto Roller (PMDB) > 23.395 votos (46,68 %).

Vereadores: Miquita (PP) 1.332 votos; Divino Ramos (PTB) 1.206 votos; Mundim (PP) 1.113 votos; Macarrão (PP) 1.025 votos; Zequinha Leiloeiro (PP) 1.012 votos; Soldado Caetano (PDT) 1.004 votos; Domingos Filho (PMDB) 922 votos; Jurandir (PR) 864 votos; Nélio (PSD) 831 votos; Emílio do Raio X (PT) 746 votos; Castro (PSD) 701 votos; Cabo Mota (PSD) 678 votos; Antônio Faleiro (PSDB) 624 votos; Gustavo Marques (PSB) 600 votos; Wenner Patrick (PT) 545 votos; Prof. Jorge (PSL) 534 votos; Jeremias de Castro (PCdoB) 531 votos.

Candidatos 2016: 

Prefeito: 

(limite de gastos por candidato: R$ 2.326.056,14. limite de contratações: 342 pessoas)

Vereadores:

(limite de gastos por candidato: R$ 48.765,79. limite de contratações: 171 pessoas)

Coligações:

Lista dos candidatos a Vereador (atualizada em 00/00/2016) >

Quociente Eleitoral estimado para 2016: 3.343 votos.

Comentário do blog:

Em 2012, Itamar Barreto chega à Cadeira maior do Executivo local após várias tentativas. Trata-se de uma vitória pessoal. Candidato de um partido estreante (PSD), tendo conseguido uma coligação modesta diante dos 17 partidos que confiaram noErnesto Roller (uma das maiores coligações do Estado de Goiás em número de partidos), Itamar reverteu a imagem do “bom candidato mas que não ganha”. Recebendo 26.725 votos, seu nome foi bem maior que sua coligação (que teve 20.026 sufrágios). Ernesto Roller conseguiu 23.395 votos, enquanto seus candidatos à Câmara Municipal somaram 31.062 votos. Assim, o novo Prefeito se viu após a eleição diante de uma Câmara dos Vereadores desfavorável, com o placar de 6 a 11.

Dos 38 locais de votação espalhados no município, Itamar venceu em 28, contra 10 ao Roller. A disputa ficou equilibrada no centro da cidade (com vantagem ao Itamar por 192 votos), e em Formosinha (com vantagem ao Roller por 210 votos). Mas em alguns setores, Itamar ganhou com ampla vantagem, às vezes contando mais do dobro dos votos de seu adversário. Em Santa Rosa, no Setor Nordeste ou no Povoado do Bezerra a diferença ultrapassa 500 votos entre os dois pretendentes, sempre em favor do Itamar.

Dos 5 Vereadores candidatos à reeleição, 4 atingiram o objetivo. O aumento de cadeiras na Câmara também fez aumentar o número de candidatos, passando de 120 a quase 200. Isto explica, em parte, a menor quantidade de votos obtidos pelos Vereadores reeleitos. O Soldado Caetano melhorou até seu desempenho eleitoral, atingido 1.004 votos (contra 947 em 2008), enquanto Divino Ramos (1.206 votos, contra 1.540 em 2008) e Mundim (1.113 votos, contra 1.291 há quatro anos) podem considerar a baixa eleitoral relacionada ao grande aumento de candidatos. Já Domingos Filho (922 votos, contra 1.680 em 2008) e Henrique Vieira (644 votos, contra 1.330 há quatro anos) precisam estudar seus mapas eleitorais e descobrir a(s) razão(ões) de refluxo de votos. Henrique Vieira ficou na terceira suplência da coligação PSD/PPS. Mesmo se tivesse ficado no PTB (pelo qual se elegeu em 2008), não teria sido eleito em 2012.

O Cabo Mota, Emílio do Raio X e Jeremias de Castro, suplentes em 2008, entraram na Câmara versão 2013. O Cabo Mota, apesar de “perder” 230 votos em quatro anos, entra pelo PSD (teria também entrado pelo PSB, seu ex-partido), Emílio do Raio X estreia com força no PT, sendo o Vereador mais votado do partido da estrela (com ganho de 31 votos em relação a 2008) e Jeremias de Castro leva o PCdoB ao Legislativo local tendo como trunfo de ter sido o Vereador mais votado nos três locais de votação onde Itamar realizou seus melhores resultados.

Em 2014, Formosa preferiu Aécio para Presidente (45% contra 31% a Dilma), Marconipara Governador (57%) e, por pouco, Ronaldo Caiado para Senador (44,6 % contra 43,7 % para Vilmar Rocha). Aos cargos de Deputado, os formosenses foram os únicos na RIDE a escolher dois representantes PMDBistas: Ernesto Roller arrematou mais de 41 % dos votos da cidade, validando sua cadeira em Goiânia, e, de sobra, ajudando Pedro Chaves a ir à Brasília com 26 % dos votos da cidade.