O empoderamento da mulher

No mês em que se comemora o dia da mulher, coach chama a atenção para os diferenciais do sexo feminino e as possibilidades que se abrem a partir deles 

O mundo ainda é machista, isso é fato. Mas esta realidade não deve impedir as mulheres de serem quem quiserem, de empoderarem-se. Características tipicamente femininas vêm ganhando mais atenção em empresas que perceberam a importância de se ter sensibilidade, alto grau de criatividade, versatilidade, percepção aguçada e jogo de cintura para melhorar o fluxo das atividades.

Para Flávio Resende, coach brasiliense especialista em Life Coaching e em Coaching Ontológico, não há dúvidas de que embora a mulher tenha conquistado o seu espaço na sociedade, ainda vivemos numa sociedade machista. Mesmo assim, o coach acredita que “serão necessários alguns anos para a desconstrução deste modelo que, embora tenha dado sinais visíveis de mudança, ainda precisa amadurecer muito”.

Alguns desafios do dia-a-dia podem, por exemplo, atrapalhar no momento de conquistar uma posição de destaque no emprego. É possível conciliar filhos e carreira? Esse é um desafio e tanto, que tem relação direta com o mundo machista em que vivemos. “Por que o homem não se sente igualmente responsável por esta missão? ”, provoca o coach. A maternidade não é um desejo geral, mas pode amadurecer vivências e refletir na capacidade de lidar com novos desafios, também em suas profissões.

Usar a sensibilidade a favor nas relações é, em geral, uma vantagem do sexo feminino, e esse diferencial pode ser uma vantagem para conseguir sucesso profissional e pessoal. “Mas como fazer isso? Como potencializar? Como direcionar a energia para enxergar além?” são, para Flávio, questões importantes para as mulheres que desejam se sentir mais seguras para encarar os desafios de viver num mundo ainda machista.

O maior desafio é fazer uso dessas características, independentemente do gênero, para desenvolver projetos que inspirem comprometimento e generosidade. “É preciso que o espírito competitivo dos homens inspire, mas não contamine as mulheres, porque antes de nossas diferenças de gêneros, somos, simplesmente, seres humanos”, finaliza.

Sobre o coach Flávio Resende – Flávio Resende, 38 anos, é coach ontológico, pós graduado pela Homero Reis & Consultores. Sua especialidade são as áreas de Life Coaching (o Coaching de Vida, um processo que potencializa as habilidades do coache para que ele possa ampliar as suas conquistas em todas as áreas de sua vida, focando no aumento de performance, no aperfeiçoamento do comportamento e do pensamento, e nos resultados) e Coaching Empresarial (outra modalidade de coaching direcionada a empresários, que consiste em auxiliar, por meio de técnicas, ferramentas e práticas do Coaching. O foco do trabalho é para que estes profissionais desenvolvam novas habilidades e as competências necessárias para o alcance de alta performance no ambiente empresarial).