Farra: Marconi inicia 16ª viagem internacional em cinco anos

O governador Marconi Perillo (PSDB) voltou ao governo de Goiás em 2011 e foi reeleito em outubro de 2014. Está de forma ininterrupta no cargo, portanto, há pouco mais de cinco anos

Nesse período o tucano deixou o país 15 vezes, repassando o cargo ao vice-governador José Eliton (PSDB). Na quarta-feira, 10, o vice assumirá o comando do Estado pela 16ª vez com a viagem do titular para a Austrália e Oceania, um continente que ainda não estava carimbado no passaporte de Perillo. A informação é da coluna Giro, de O Popular. 

O vice-governador só em duas circunstancias: quando o chefe do Executivo deixa o País ou é acometido por uma doença e tem de se ausentar de suas funções por um período longo. Marconi Perillo goza de boa saúde e todas as suas ausências foram motivadas por viagens internacionais nesse período. O governador goiano já esteve na Bélgica, Espanha, França, Itália, Estados Unidos, Uruguai e até nos Emirados Árabes.

Os custos dessas viagens é altíssimo para os cofres do Estado. Só para a próxima missão internacional, o governador Marconi Perillo terá em sua conta pessoal R$ 57.850,00. Isso sem levar em conta os gastos de sua comitiva, mais passagens e hospedagens em hotéis de luxo. Os gastos da comitiva estão publicados no Diário Oficial do Estado e foram mostrados pela jornalista Fabiana Pulcineli, de O Popular.