STN avaliza contas do Estado

A Secretaria do Tesouro Nacional (STN), órgão do Ministério da Fazenda, emitiu comunicado declarando que o Estado de Goiás cumpriu o Programa de Ajuste Fiscal (PAF) referente a 2014. 

O anúncio era aguardado, pois em maio deste ano, uma missão da STN esteve em Goiânia por dois dias para verificar as contas junto a vários órgãos e Secretarias, e sinalizou no sentido de cumprimento do acordo.

Essa era a única análise das contas do terceiro mandato do governador Marconi Perillo ainda pendente de parecer. Nos anos de 2013, 2012 e 2011, o ajuste também foi cumprido. O cumprimento das metas é fundamental para o Estado permanecer adimplente, não ser penalizado com multas pelo governo federal, e manter-se habilitado à obtenção de empréstimos, com o aval da União.

Antes dos feriados de Natal, o governador e o secretário do Tesouro Nacional, Marcelo Barbosa Saintive, devem assinar o ajuste deste ano, com metas compatíveis ao cumprimento, a despeito da crise financeira. O novo PAF valerá para o período de 2015/2017. Em 2016 será assinado o ajuste de 2018, último ano da atual administração.

O ajuste prevê o cumprimento de seis metas, sendo que duas delas, a relação dívida financeira/ receita líquida real e resultado primário, são fundamentais. Ambas foram cumpridas à risca pelo Estado, segundo o governo.

Postar um comentário

0 Comentários