Motorista desempregado distribui currículos em semáforo de Brasília

Nesta semana, Flávio Leonardo abordou carros no semáforo da QI 6 para entregar seu currículo

Flávio Leonardo, 34 anos. Profissão: motorista. Mora na Cidade Ocidental, no entorno de Brasília, a capital federal. Em seu perfil no Facebook, consta que que foi, recentemente, “motorista execultivo na empresa Furnas Centrais Elétricas S.A.”. Flávio, no entanto, está desempregado e resolveu inovar na busca pela volta ao mercado de trabalho. Em uma reportagem publicada hoje na edição do portal Folha/UOL, ele chama a atenção de motoristas que dirigem diariamente pelo Lago Sul, bairro nobre de Brasília. Nesta semana, Flávio Leonardo abordou carros no semáforo da QI 6 para entregar seu currículo.

Segundo a matéria, ele contou que saiu de casa cedo com um pacote de currículos para distribuir em concessionárias da região. Quando voltava para casa, na Cidade Ocidental, teve a ideia. Viu ambulantes vendendo produtos e pessoas entregando panfletos e decidiu entregar seus currículos ali mesmo, no semáforo.

Em entrevista ao portal, ele explicou a ideia. “Aquele é um bairro de alto poder aquisitivo e muitos moradores têm motorista. Vi uma oportunidade", afirmou. Foram mais de 40 currículos distribuídos rapidamente. "Eu abordava as pessoas, explicava que estava desempregado e pedia uma oportunidade ou indicação. Alguns até desceram do carro para me cumprimentar pela atitude", conto.

Uma dessas pessoas abordada por Flávio foi a representante comercial Viviane Bezerra, 27. Pensando em ajudar, ela publicou o currículo nas redes sociais. "Acostumada a me deparar com pessoas no sinal, muitas vezes acomodadas pedindo dinheiro, hoje me deparei com um homem de 34 anos pedindo emprego. Desde então estou pensando em como ajudar. Não conheço o moço, mas de uma coisa eu tenho certeza: é uma pessoa esforçada", escreveu em seu perfil no Facebook.

Ela disse que não esperava tanta repercussão, mas que, em poucas horas, mais de 15 pessoas entraram em contato oferecendo uma vaga para Leonardo. "Ele entrou em contato comigo ontem e me agradeceu muito. Passei todos os contatos que consegui e estou torcendo por ele".