Vice-governador anuncia a vinda da Brasal para Luziânia

A instalação terá início em outubro e os investimentos anunciados pela empresa são da ordem de R$ 50 milhões.

Deputado Célio Silveira (PSDB) e o secretário de Desenvolvimento Econômico do Estado, José Eliton

O governador Marconi Perillo assina nos próximos dias Protocolo de Intenções para instalação de nova unidade industrial do grupo brasiliense Brasal no município de Luziânia, no Entorno do Distrito Federal.

O vice-governador e secretário de Desenvolvimento Econômico do Estado, José Eliton, reuniu-se na tarde desta terça-feira (05) com dirigentes da empresa, oportunidade em que tratou das condições e dos termos do referido protocolo. O encontro ocorreu no Palácio Pedro Ludovico Teixeira e contou com a presença do deputado Célio Silveira, que, segundo Eliton, muito contribuiu para tornar realidade esta conquista.

A instalação terá início em outubro e o término previsto para novembro, devendo entrar em operação no mês seguinte. Os investimentos anunciados pela empresa são da ordem de R$ 50 milhões.

A Brasal emprega hoje em Goiás mais de 300 trabalhadores, e esta unidade vai gerar novos postos de emprego e renda, consolidando ainda mais a presença do grupo no nosso Estado.

Duas grandes empresas vão investir capital financeiro em Luziânia: A Satus Ager (multinacional) e a Brasal (água mineral). 


Reunião para instalação da Satus Ager em Luziânia


Na última quarta-feira (6), José Eliton, secretário de Desenvolvimento de Goiás, havia anunciado investimentos da Brasal, que vai instalar fábrica de água mineral em Luziânia. Os investimentos serão de R$ 50 milhões. 

Na sexta (8), foi a vez de o governo do Estado acertar a vinda da Multinacional Satus Ager para o município. A empresa vai atuar na produção de sementes e a previsão é que o montante a ser investido chegue a R$ 80 milhões. 

Estima-se que ao todo, as duas empresas, irão gerar cerca de 800 empregos diretos e indiretos no município. 

A boa notícia é uma clara demonstração do grande potencial econômico que o município tem. Necessitando apenas de um gestor comprometido com o desenvolvimento da cidade e que saiba administrar de forma responsável os recursos existentes.

A fábrica de água mineral da Brasal em Luziânia utilizará a fonte Bom Jesus, que tem uma vazão total de 800 m³/h. A instalação do complexo — a 50 quilômetros da cidade — com acesso pela GO – 010 terá início em outubro e término previsto para novembro, devendo entrar em operação no mês seguinte.

SOBRE A BRASAL





A empresa é um dos maiores grupos empresariais da região Centro-Oeste, com indústrias e serviços nas áreas de distribuição de bebidas, incorporação e construção imobiliária, revenda de veículos, corretora de seguros, operadora de consórcio, comercialização de combustíveis e hotelaria.


Com mais de 50 anos de tradição, o grupo vem investindo no Distrito Federal e nas regiões Sudeste e Nordeste de Goiás, Noroeste de Minas Gerais e Sul de Tocantins.


A empresa tem atualmente mais de 3,4 mil funcionários nas diferentes áreas de atuação nos dois Estados e Distrito Federal, 335 só em Goiás, e trabalha na perspectiva de chegar a um aumento de 50% no seu faturamento bruto neste ano em relação ao faturamento de 2010.


Está presente em 55 municípios goianos, atendendo aproximadamente 4 milhões de habitantes.






Fonte: Redação.

Postar um comentário

0 Comentários