Médica em Uberaba sofre violência, é roubada e exposta em rede sociais

 Mais uma reviravolta na internet sobre o caso da médica que aparentemente teve um ataque de fúria e na verdade é mais um caso de violência contra mulher, humilhação e machismo

A médica Lara Purcina, que mora em Uberaba, Minas Gerais, teve sua vida virada de cabeça para baixo nos últimos 30 dias. Primeiro  circulou na internet um vídeo em que ela furava o pneu do carro do namorado. Até aí mais um caso passional. O fato cresceu e a médica começou a ser julgada antes mesmo de ser ouvida, perdeu pacientes, perdeu trabalho e aguentou sozinha a exposição vexatória. 

Depois de algumas trocas de mensagens com o ex namorado, cansou de ser humilhada e resolveu contar, e mostrar, tudo que aconteceu antes.O episódio na verdade é mais um caso de violência contra a mulher, humilhação, agressão física, agressão verbal, difamação e roubo. Nesse último caso, crime constatado pelos documentos que conseguimos apurar. 

O ex namorado, o advogado João Roberto,  pegou uma causa da médica, contra a Intervias Arteris, e depois de ganha a causa, não informou a cliente e não repassou o dinheiro ganho, ou seja, se apropriou de forma indébita de uma quantia superior a 9 mil reais (documentos abaixo).





Mais do que isso, mentiu dizendo que o processo ainda estava em andamento e que iria demorar para resolver. Uberaba logo tomou conhecimento de tudo e hoje o caso segue com acusações de ambos os lados e uma disputa que ganhou os tribunais. O que não podemos perder de vista é que contra fatos não há boatos.

Houve violência, houve agressão e exposição. Houve roubo, houve estelionato e todos esses crimes o jovem João Roberto vai responder na justiça.



Postar um comentário

0 Comentários